sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Dia do Voluntário




Realizou-se hoje o jantar anual dos Amigos do Hospital, no Hotel Cristal das Caldas da Rainha para comemorar o dia do voluntário.
No fim do jantar actuaram o grupo Os Cavaquinhos da Fanadia que cantaram e tocaram música tradicional Portuguesa.
Todos os presentes receberam um DVD sobre o trabalho desenvovido pelos voluntários da Liga dos Amigos do Hospital.




O grupo dos Cavaquinhos

A minha amiga Alice, uma grande mulher que eu admiro muito.








Hoje também é o meu dia!!!


Ser voluntário:

Ser voluntário é ser útil, deliberadamente, sem esperar recompensas nem compensações. Ser voluntário é, por vezes, uma benção do céu para quem beneficia.
Em alguns países o voluntariado é uma prática corrente, um princípio, como que uma obrigação individual e livremente assumida. É uma espécie de afirmação de cidadania plena e responsavel. Neste país, um país de cidadãos complexados, ninguem quer ser “criado” de ninguem, quase ninguem está para se incomodar por alguem que não conheça (a não ser que apareça na televisão). Jovem, adulto, reformado ou desempregado, poucos assumem o voluntariado como uma prática priveligiada de realização pessoal e social.

Para se ser voluntário é necessário procurar aonde e como.
Alguém ao seu lado pode estar a precisar de ajuda!

Quase todas as Instituições e Hospitais, têm o apoio dos Voluntários.
Procure e veja o que essas instituições propõem.

Ser voluntário para mim, é receber mais do que dou...

5 comentários:

Querubim disse...

És Linda!!!!!
E quem pensa assim é um Anjo na terra porque dá sem esperar receber em troca!
Vou também colocar no meu Blog para te homenagear assim como outras Amigas do Peito que sei que o fazem.Bem hajam!!!!
Beijinhos

Isa disse...

Ser voluntário é dar algo de nós sem receber nada em troca, ou talvez não!...
Quantos voluntários chegam ao fim do dia com o sentido do dever cumprido?! Quando ao nosso lado está alguém a quem se consegue minimizar a dor, por palavras, por actos ou até por um piscar de olhos.
Não sou voluntária mas conheço por dentro a vida hospitalar, e o servoço do voluntariado, pois trabalho num hospital e quantas vezes só a nossa presença como meras visitas, serve para atenuar a dor.
Aliás, eu própria no período da minha doença tive a percepão do valor do voluntariado!
Parabéns Alda pelo teu esforço e dedicação a uma causa tão nobre.
Beijinhos
Isabel Alegria

Nela disse...

Ser voluntário é assim... a modos... que sermos nós.

Que outra coisa podemos ser? Se temos aquilo que falta aos outros...

Beijinhos Alda

Loulou disse...

Linda!!!
Gosto mt de ti, minha amiga.

Beijocas grandes e parabéns pelo dia

Agulheta disse...

Ser voluntário é dar e dar,sempre de mão cheia e coração alegre e nada trazer na volta,só pensamento livre um sorriso no olhar do dever comprido,assim sou eu há muitos anos e outros que trilham o mesmo caminho... obrigada pela partilha de voluntariado.
beijinho bfs