quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Pegadas na Areia

Sonhei que estava caminhando na praia juntamente com Deus.
E revi, espelhado no céu,
todos os dias da minha vida passada.
E em cada dia vivido, apareciam na areia, duas pegadas; as minhas e as dEle.
No entanto, de quando em quando,
vi que havia apenas as minhas pegadas,
e isso precisamente nos dias
mais difíceis da minha vida.
Então perguntei a Deus:
"Senhor, eu quis viver contigo,
e tu prometeste ficar sempre comigo.
Porque me deixaste sozinho,
logo nos momentos mais difíceis?"
Ao que Ele respondeu:
"Meu filho, sabes que eu te amo
e que nunca te abandonei.
Os dias em que viste só umas pegadas na areia
são precisamente aqueles
em que Eu te levei nos meus braços".



Este pensamento é lindo!
Já o li à muito tempo. Perdi-o, e nunca mais o encontrei!!!
Há dias uma pessoa (por acaso) ? ofereceu-mo...
Chorei... de emoção.

11 comentários:

Carla disse...

É lindo, Aldinha. Cada vez que o leio, emociono-me sempre. Às vezes parece que a terra nos foge dos pés, mas temos sempre quem vele por nós. Um beijo muito grande.

MARILU disse...

ALDINHA É MUITO BONITO MAS SE PERDERES MAIS ALGUMA VÊS PROCURA NA BIBLIA SAGRADA...

CARLINHA A TILA ESTÁ ENCANTADA COM O QUE MANDAS-TE OBRIGADO EU AINDA NÃO VI
...

lia disse...

Olá Alda,como estás?Muito Lindoo !!!Tb já o tenho lido e sempre que caminho junto ao mar,me lembro dele(talvez por ficarem as nossas pegadas na areia?!:)Beijinho grande para ti.

Anónimo disse...

Desde ontem k fiquei curiosa para ler o k tinhas querido partilhar conosco e hoje assim k consegui 1 tempinho vim ver, não há palavras para o classificar em suma é lindo,lindo...
Eu por vezes (e neste ultimo ano aconteceu mts vezes) tambem me senti abandonada por tudo e por todos mas sempre tive a sorte de nesses momentos acontecer-me algo k me desse a volta e eu começa-se a ver as coisas mais coloridas, essa força só pode ser "dele" e da minha querida mãe, k seguramente vela por mim em todos os momentos da minha vida, lá do seu cantinho do céu.
obrigada mãe.

Alda, o texto é lindo e estas coisas dão-me uma saudade desmedida
e tornam-me numa chorona.
Obrigada por o teres partilhado

Bjs Grandes.....
Guadalupe

Aida guimarães disse...

Aldinha,

Não me canso de ler "As pegadas na Areia"
Em vários momentos da minha vida já me senti assim..... abandonada por Deus!!
Quando perdi a minha Tila, a minha Mami e quando fiquei a saber que tinha um cancro!!
Para não desistir é só lembrar-me do que aprendi na catequese. Deus está sempre connosco, está em cada pobre que nos pede esmola, num velhinho mais fragilizado ou mesmo numa criança que sorri mesmo sem ter vontade!! Está em todo o lado, é só nós estarmos mais atentos.
É como a Carlinha diz "temos sempre quem vele por nós"

Beijocas e bom fim de semana

sem-papas disse...

Lindo!
Obrigado por teres partilhado comnosco.
Um abraço.
Carmen

Nela disse...

Já me senti perdida mais do que uma vez... Mas descobri que afinal nunca estive sózinha.
Só não estava a ver bem a coisa...

Agora sei que estou SEMPRE ao colo Dele.

Alda disse...

Carla,
Sim, temos sempre quem vele por nós. Obrigado a tua reportagem está demais.Beijinhos



Marilu

Eu nunca li a Biblia toda!
Não me vou esquecer.Beijinhos


Lia
Estou bem,obrigado!
Eu quando caminho na praia, também sinto o mesmo.
Beijinhos


Guadalupe
Eu também tenho o meu querido pai, a pedir por mim, e por os meus!
A nossa força está na Fé! Na esperança!
A Fé move montanhas, e eu quero ter sempre esse sentimento comigo.
Beijocas


Aidinha
Às vezes a vida é tão dura e difícil, que pensamos que somos abandonados!
Eu costumo dizer que Deus nesses momentos, só está a passar pelas brasas...
Provalvelmente estamos a ser postos à prova, da nossa Fé.

Beijocas



Carmem
É gratificante a partilha das coisas boas...
beijinhos

M Jose disse...

Alda e realmente um pensamento lindo .Alguem a alguns anos me ofereceu um postal com Pegadas na areia ,e hoje sei que nada acontece po acaso! um beijinho

MARILU disse...

Alda eu costumo dizer Deus é pai e se é pai também é meu,nosso, por isso nunca nos abandona,é preciso é que sintamos sempre a sua presença, mesmo nas horas de advercidade temos de sentir que está ali e que nada é por acaso, nem estes nossos encontros,
Bom fim de semana amigas, beijinhos.

Alda disse...

Mª José

Eu já à uns anos, que todos os dias leio um pensamento, faz parte do meu dia a dia! Agora tudo faz mais sentido para mim...

Beijinhos


Marilu
Bom fim de semana! E para toda a família.