quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Ganda Mulher...

Para animar um pouco, uma vez que as miúdas andam todas com com uma pasmaceira, aqui vai uma situação "verídica"não pensem que é anedota! Foi mesmo real! Passo a citar:

Um casal conhecido um dia destes zangaram-se, e andaram uns dias sem se falar. Nem um nem outro queria desta vez dar o braço a torcer, uma noite o marido chegou mais tarde, e no outro dia tinha que se levantar mais cedo, então deixou um papel escrito na mesa de cabeceira dizendo a seguinte frase: " Acorda-me às 8 horas". Quando ele acordou já mais tarde, viu que a esposa não o tinha acordado, ficou furioso levantou-se e qual não foi o espanto, na sua mesa de cabeceira estava outro papel com a frase: "Já são 8 horas acorda". Ganda Mulher!!!

10 comentários:

lia disse...

Olá Alda só passei par te deixar um grande beijo.Acho bem que alguém anime estas meninas...beijinhos

MARILU disse...

HÀ GANDA ALDA... BEIJINHOS...

Nela disse...

Hihihihi

Bom fim de semana. Jinhos

marilu disse...

beijinhos Alda e bom fim de semana...

IsaLenca disse...

Bom fim-de-semana.
Bjs

cristina j, disse...

Foi uma resposta á altura...
Achei correcto!

Mas o melhor das zangas é mesmo fazer as pazes...e neste caso falando, e...falando...(de é que me entendem!).

Bjinhos e bom fim de semana

lia disse...

Alda ,estive no blog da Lucinda ,queria deixar aqui um grande beijinho a Guadalupe.Um testemunho de coragem e muita força a prova viva que temos que continuar...beijinhos Guadalupe muita força.beijinhos para ti Aldinha

Alda disse...

Olá amigas! Beijinhos para todas!

Lia,
A Guadalupe é um grande exemplo de coragem.Já passou por provas muito difíceis...

Beijinhos Guadalupe, e Lia.

laura disse...

...
Aldinha, linda!

Não sei que jeito dei aqui, que o comment que te estava dedicado, foi parar à Aidinha.

O que faz isto, é exactamente a nossa subserviência. Estou ao computador e veio o "patrão" pedir-me uma coisa, e a boa esposa lá vai ver o que é, e quando volta, despista-se no lugar onde estava...
Bem, mas vais à Aidinha e lês a minha reflexão...

Mas termos chegado a este ponto de estarmos sempre dispostas a cumprir o dever de obediência, já vem da educação que as nossas mãezinhas nos deram... Eu não tive filhas, mas se tivesse, não daria tanto valor ao dever de esposa submissa...

Mas o S. Paulo também teve culpa, ele diz:
"Mulheres estejam sujeitas a vossos maridos, pois o marido é a cabeça da mulher......"

Tantos séculos a ouvirmos tal, só podia dar no que deu...

Bem, mas depois de 41 anos de casada já vou tarde para mudar as leis, agora vou aguentando e faço de conta que não é nada...

Fiquem bem, com este sol tão bonio.
Beijinhos.
laura

Alda disse...

Olá Laura,
Já fui ao blog da Aidinha, e já vi.
Obrigado por nos dares força a todas.
Beijinho grande