segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Cancro da Mama - Solidariedade


Laço dá 500 mil euros para unidade especial de diagnóstico e tratamento do cancro da mama


A associação Laço vai apoiar com 500 mil euros a criação de uma unidade integrada para o diagnóstico e tratamento do cancro da mama no Hospital de Santa Maria





Este centro de excelência será o primeiro em Lisboa, sendo instalado num espaço próprio onde terá uma equipa multidisciplinar especializada nesta doença.



As associações de doentes e comunidades científicas europeias assinalam as vantagens deste tipo de abordagem, que coloca a mulher no centro, aumentando significativamente a sua taxa de sobrevivência e qualidade de vida.



O Hospital de Santa Maria recebe todos os anos um elevado número de mulheres para diagnóstico e tratamento de cancro de mama e já tem organizada uma interacção multidisciplinar no acompanhamento das pacientes.



Agora, com a criação da nova unidade, será concentrado «aquilo que hoje o Hospital tem disperso, possibilitando uma mais fácil articulação entre profissionais, num espaço em que o apoio à mulher é feito por uma equipa multidisciplinar que inclui oncologistas, cirurgiões, ginecologistas, psicólogos e outros ».



Poole da Costa, do conselho de administração do Santa Maria, afirma ainda que, com esta abordagem, «c onsegue-se uma resposta clínica mais precoce, mais segura e mais rápida. Conseguem-se melhores resultados».



Reconhecendo o mérito do projecto, o novo Coordenador Nacional para as Doenças Oncológicas afirmou que «a criação desta Unidade vai dotar o Hospital de Santa Maria de um centro de excelência para o diagnóstico e tratamento do cancro da mama, de acordo com as recomendações estabelecidas internacionalmente para este tipo de serviços, criando condições para melhorar significativamente a qualidade assistencial aos doentes».



Pedro Pimentel elogiou ainda o empenho da Laço e do Conselho de Administração do Hospital Santa Maria.



«Esta iniciativa com a Laço, pode representar bem um exemplo de colaboração entre a sociedade civil, o maior Hospital do Sistema Nacional de Saúde e um Centro Universitário de ensino e investigação, que promove mais saúde, com maior qualidade e com um forte potencial para a criação de um centro de investigação de excelência no País» , acrescenta Luís Costa, chefe de serviço de oncologia médica do hospital.



Com a definição de uma grande fatia do orçamento disponível para 2009, a Laço reforça a motivação e espera poder contar com o apoio de organizações e dos portugueses em geral para o sucesso das campanhas que ainda irá lançar em 2008, as quais poderão levar a associação a atingir os seus objectivos deste ano, de longe os mais ambiciosos de sempre.



«A Laço assinala a criação desta unidade como um marco no combate ao cancro de mama em Portugal» , referiu Lynne Archibald, presidente da Laço. «Trata-se de um projecto que a associação sempre acarinhou e para o qual tem um enorme prazer em contribuir, apoiando a visão e empenho do conselho de administração do hospital», acrescentou ainda a responsável da associação.




O centro de excelência será inaugurado no Dia da Mulher, 8 de Março de 2009, com um espaço físico próprio, devidamente equipado com um aparelho de mamografia/ecografia, onde a equipa de especialistas do Hospital de Santa Maria poderá aprofundar a sua especialização e organização.



SOL

3 comentários:

penny stock market disse...

wow, very special, i like it.

Querubim disse...

Olá Alda uma noticia muito boa pena que não existam mais unidades destas em todos os hospitais, o tempo de espera muitas vezes seria evitado e com isto possivelmente menos mastectomias.
Beijinhos boa semana

Alda. disse...

Lina,notícias destas são sempre muito bem-vindas, é para isso que todos nós contríbuimos quando as Instituições fazem eventos para angariar dinheiro para a ajuda no combate ao cancro.


Beijinhos