sábado, 25 de agosto de 2007

Quimioterapia 2º tratamento

Depois do primeiro tratamento de quimioterapia, e dos dias de ressaca que se seguiram, comecei a trabalhar, mas com algumas restrições.
O meu trabalho ajudou-me muito. Tive uma grande força de vontade, para ir superando os momentos menos bons.
Entretanto comecei a fazer fisioterapia! Faziam massagem na costura, porque os tecidos estavam muito aderentes, e a pele muito repuxada. Também fazia ginástica aos braços, e isso ajudou bastante, para o braço ter mais elastecidade e não inchar.
Uns dias antes da 2ªquimio, comecei a ter dores de garganta. Piorei e fui à urgência do hospital, receitaram-me um anti-inflamatório.

Dia 13 de Outubro de 2006 sexta feira, compareço no hospital, para saber se podia fazer a quimio.Como não tinha febre acabei por ficar e fazer.

Durante todo o dia, andei mais ou menos bem. No sábado ao fim do dia, comecei a ficar muito mal! A garganta inflamou muito, doía tanto que não consegui dormir.
No Domingo de manhã fui novamente às urgências, o médico receita outro anti-inflamatório, mas nada fazia efeito, não dormia, não comia, já nem conseguia beber liquídos. Tudo foi muito rápido, e na terça feira de manhã, não conseguia estar de pé. Mesmo agarrada, era difícil, e já não conseguia falar.

Senti bem, como somos frágeis e impotentes, perante a doênça. Não conseguia reagir,nem comandar o meu corpo. Senti muito medo... Pensei que ia morrer.

(Continua)

4 comentários:

Loulou disse...

Querida Alda,
Passaste um mau bocado com a quimio. Felizmente, hoje podes escrever tudo isso no passado!

Uma grande beijoca e bom fim de semana

Manuela disse...

Bem me lembro desses dias em que a Alda penou (e penou bem) com a infecção na garganta.

Falei-lhe para o hospital e julguei estar a falar com outra pessoa. A voz dela estava irreconhecível...

Mas já passou!

A nossa menina é uma corajosa mulher do Oeste!!!! E ninguém as vence.

Beijinhos Alda. Até breve

Alda disse...

Olá Loulou,

Já passou!!!

Tudo de bom para ti.
Um beijinho


Manuela,

Tens razão! foi mesmo (penar) mas já faz parte do passado, como diz a Loulou.

Obrigado pelo apoio, que sempre me deste.

Beijocas

Daiane disse...

olá preciso conversar com alguém que já fez quimioterapia ambulatorial, pois estou desenvolvendo o projeto de uma cadeira para quimioterapia e tenho que saber a opinião de quem já usou!Se conhecer alguém passe meu e-mail, por favor, daidads@gmail.com
Obrigada!