domingo, 5 de agosto de 2007

Falando de mim

O meu é Alda, vivo no Oeste, numa linda Cidade perto do mar.
Não me imagino a viver longe do mar, do cheirinho a iodo, da espuma branca das ondas. Porque é olhando o azul do mar, as ondas a rebentarem com toda a sua beleza, que me acalmo nas horas de tristeza, e dúvidas quanto ao futuro.Limpo a minha mente, dos pensamentos menos bons, que por vezes me assaltam.Para mim é uma boa terapia. Tambem gosto muito de pescar, e já tenho saudades de apanhar uns peixitos.
Posso dizer que nunca tinha tido, grandes problemas com a saúde, mas quando tive que ser operada, à minha mão direita, a uma risartrose no dedo polegar, e ao canal cárpico não foi fácil!
Foi em Setembro de 2005, e o tempo de recuperação foi longo.
Dois meses e meio com gesso, e quatro meses sem poder fazer nada! Até aprendi a escrever com a mão esquerda... Para mim foi muita preocupação e incerteza, porque não sabia como ficaria. As mãos são a minha ferramenta de trabalho, mais importante. E teria que ser operada também à mão direita, mas agora está fora de questão.
Mas posso dizer que recuperei bem, e que tudo isso foi um mal menor, porque o pior surgiu no dia 11 de Julho de 2006. Numa consulta de rotina, ao fazer a mamografia e a ecografia, nesse momento o Mundo caíu-me aos pés.
O nódulo que benigno, que eu tinha desde 1997 transformou-se, e havia a suspeita de ser maligno. Não dá para descrever o que senti, nesse momento senti um turbilhão de emoções, depois bloquei, fiquei apática.Enquanto esperei pelo resultado, para entregar ao meu médico, perdi a noção do tempo. Mas tinha de reagir! Decidi que iria lutar com todas as minhas forças, nesta dura batalha: Vencer o Cancro.
Foi uma luta contra o tempo, exames e mais exames, em Agosto tudo é mais difícil e demorado,
mas não me posso queixar, em pouco mais de um mês, tinha os resultados de todos os exames. Felizmente não tinha metástases, e podia ser operada! Apesar de não ser o que desejaria, foi o melhor que me podia acontecer, porque infelizmente muitas mulheres não podem ser logo operadas, têm que fazer quimioterapia e radioterapia antes.
A opinião do meu médico foi fazer mastectomia radical, seria o mais seguro, porque era carcinoma ductal invasivo moderadamente nodular, e como esse é manhoso, tive que fazer quimioterapia.

11 comentários:

Manuela disse...

Boa Alda!

É isso mesmo. Vou já divulgar este endereço no meu blogue. Mais uma!

Muitos parabéns. Estava à espera disto já há uns tempos.

Um grande, grande beijinho e muito sucesso com estes blog. Possa ele chegar a muitas pessoas que precisam de um espaço para falarem e verem que há experiências iguais e com óptimos resultados. Alimenta a esperança.

YES !

Manuela disse...

Ah, e que boa maneira de comemorar um ano de batalhas vencidas!

Mimas disse...

É assim mesmo Alda! E no dia 11 venha aqui pôr o bolinho de aniversário, tal como outras amigas já fizeram, e gritar Vitória! Bj, Mimas

Loulou disse...

Muito bem Alda! Força aí e ficamos à espera do bolinho com a vela!
Grande beijoca
Loulou

aida guimarães disse...

Alda,

Foi mais rápido do que estava á espera. É assim mesmo, já adicionei este blog ao meu.
Vai ser muito mais fácil falar contigo.
Gostava que a Celeste e a Laura também criassem um.

Parabéns....vou sempre passar por aqui.

Beijinhos muito grandes

Alda disse...

Manuela,Mimas,Loulou, e Aida.
São umas queridas, sempre prontas a darem miminho.

Foi de repente, agora ando um pouco à nora com isto! Mas vai,com calma.
Quero rectificar a data é(11 de Julho)Quando soube que a minha vida ia mudar.
Dia 31 de Agosto é que vou apagar as velas.Faz um ano.

Beijocas a todas

Irene disse...

irene
como a compreendo, ou não estivesse eu a passar pelo mesmo.
conserve a sua força eu vou tentar também ser muito forte. sobreviveremos a esta maldita doença.

Anónimo disse...

como a compreendo,ou não estivesse eu a passar por tudo isso.
força havemos de ser mais fortes do que "ele"
irene

Alda disse...

Olá Irene,

Benvinda ao meu cantinho!

Este espaço foi criado, com a finalidade de poder trocar experiências, falar abertamente desta doença, que infelizmente a cada dia se alastra.Mas também,há muita gente a vencer! E nós vamos fazer parte, dos que lutam, e acreditam na cura.

Tudo bom para si.
Um beijinho

Irene disse...

Espero que esteja tudo a correr bem com a Manuela. Eu vou começar a fazer quimioterapia, seis tratamentos de 21 em 21 dias, aproxima-se a fase mais dificil mas espero lutar com todas as minhas forças.

Lina disse...

Olá Alda!
Quero lhe felicitar pela coragem e pela vitória!!!
Eu estou a passar pelo mesmo e deixo aqui o meu testemunho,"tive" eu digo tive pq já fui operada e o dito já foi!!!!Agora estou a fazer tratamentos ou seja fiz a 1ª quimio e dia 14 de Maio farei a 2ª e por aí fora até completar 6 tratamentos, depois será radio etc...cortei i cabelo curto mas sei que acabará por caír...não sei onde me dirigir para comprar uma peruca nem sei preços...no IPO exprimentei as perucas e não gostei. Tenho 42 anos têr descoberto esta doença foi uma coicidência como costumo chamar-lhe,era uma bolsa de liquído que desapareceu e apartir daí comecei a fazer as Mamo e as Eco mamárias anuais onde no ano seguinte lá estava ele, fiz todos exames no IPO,fuí operada foi-me retirado um tumor com 2,3cms e um quadrante da mama fiquei internada de tarde no final do dia operada e de manhã vim para casa.
Fiz dia 23 de Abril a 1ª quimio passei bem no 3º dia tive umas náuseas que passaram e enjoei alguns cheiros, mas tudo isso já era só este sabor horrivel na boca :o( mas tenho tido muita força para lutar contra a doença sei que tenho muito mais para lutar mas tenho pessoas que me amam e que me ajudam, lamento não ter a minha querida MÃE junto de mim faz 7 meses que ela se juntou a Deus mas sei e sinto que está sempre comigo.Eu digo muitas vezes sofro mais com a dôr da perda dela do que da doença porque essa...lutarei contra ela!!!! Quanto á minha Mãezinha essa tenho-a no coração e pensamento!
Tenho surpreendido algumas pessoas com a minha coragem e força mas sei de onde ela vem!!!E espero continuar assim!!!
Desejo que todas nós tenhamos coragem e força para continuar e um dia tudo isto faça parte do passado!
Bjs para todas!
Lina