sexta-feira, 12 de março de 2010

O menino do rio...



O Silêncio do Rio





Hoje são apenas crianças
Irresponsáveis e prepotentes
Julgam dominar o mundo
Ironicamente, têm-no nas mãos e não sabem
Não tarda irão crescer
Irão para a Faculdade
Sentirão a alegria de ser pais
Serão adultos (talvez) responsáveis


Mas um dia...
Um dia vão passar pelas margens de um rio
E o silêncio das suas águas calmas
Vai lembrar-lhes um menino
Um menino que nunca dominou o mundo
Que nunca foi para a Faculdade
Que não sentiu a alegria de ser pai
Um menino que não teve a chance de crescer


Porque um dia...
Um dia eles foram apenas crianças
Prepotentes e irresponsáveis
E julgaram dominar o mundo
Mas dominaram apenas
O mundo de quem, nunca o chegou a conhecer


Para o Leandro, e para todos os meninos aprisionados na angústia e no silêncio atroz, de uma infância esquecida e calada. Para todos os meninos que pensam dominar o mundo, mas que são apenas dominados pela indiferença e pela falta de afecto. Para todos nós adultos, que somos os principais responsáveis pelas nossas crianças esquecidas e caladas. Para todos nós adultos, que somos os principais responsáveis pelas nossas crianças prepotentes e irresponsáveis.
Helga

Retirado do blog:http://planicies-da-memoria.blospot.com
Um blogue muito interessante!
Uma homenagem enquadrada no desafio de Março sobre o tema 'Silêncio' da Fábrica de Letras

7 comentários:

Geninha disse...

Olá Alda

Nós como pais pensamos como é possivel haver filhos assim... é muito triste.
Desejo-te Bom Fim de Semana.

Beijinhos

lágrima disse...

" Para todos nós adultos, que somos os principais responsáveis pelas nossas crianças esquecidas e caladas. Para todos nós adultos, que somos os principais responsáveis pelas nossas crianças prepotentes e irresponsáveis.
Helga"

Obrigada por teres trazido este grito aqui, o das crianças silenciadas!

Um abraço para ti!

Eliane Furtado disse...

O silêncio foi rompido. A voz será
ouvida. Tenham certeza.
Vou passear neste blog.
Abraço em todos

imel disse...

Olá Alda

É suposto criança significar alguém que tem coração puro e inocente. Por isso estes seres são tudo menos crianças.

Desculpem a minha revolta, mas há que atacar o mal pela raíz, caso contrário vai ser tarde.

Como, não sei. Mas faça-se qualquer coisa e rápido. Não nos esqueçamos que para algumas crianças estes irresponsáveis passam a ser uma referência.

Para o Leandro e para outros meninos que não têm voz neste mundo, faça-se justiça!

bj

Gatapininha disse...

Olá Alda
É horrivél o que os miúdos fazem uns aos outros! Pura violência gratuita!
Eu apanho-os do 7º ao 12º e já quase não faço distinção. A nossa sociedade está cada vez mais a perder os valores, e noto isso cada vez mais nas "minhas" "crianças":(

jokas e boa semana!

J. Araújo disse...

Infelizmente os irresponsáveis estãopor toda parte.

Abraço

Alda disse...

O corpo de Leandro passados 12 dias ainda não foi encontrado!

Os causadores da sua morte apesar de serem crianças, também irão sentir remorsos e esse será o seu castigo!

Um beijo para o Leandro, que não suportou mais os maus tratos dos colegas de escola!

Descansa agora em Paz!

*